Atualize seu navegador!
O que é adequação postural?

  O que é adequação postural? 

          Antes de iniciarmos a conceitualização do que é e de que trata a adequação postural é oportuno descrever e apresentar alguns conceitos. Inicialmente destacamos a Tecnologia Assistiva (TA), esse é um termo utilizado para identificar uma grande gama de recursos e serviços que objetivam proporcionar ou ampliar as habilidades funcionais de indivíduos que apresentem alguma deficiência, propiciando dessa forma uma vida independente e uma maior inclusão social. Durante a implementação de recursos de TA, deve-se promover o desenvolvimento das potencialidades humanas, valorizando desejos e habilidades do indivíduo em questão. Diferentes autores apresentam diferentes classificações ou divisões das Modalidades de TA. Destacamos aqui uma das divisões apresentadas pela literatura técnica sobre esse tema:• Auxílios para a vida diária e vida prática.• Comunicação Aumentativa e Alternativa.• Recursos de acessibilidade ao computador.• Adequação Postural (posicionamento para função).• Auxílios de mobilidade.• Sistemas de controle de ambiente.• Projetos arquitetônicos para acessibilidade.• Recursos para cegos ou para pessoas com visão subnormal.• Recursos para surdos ou pessoas com déficits auditivos.• Adaptações em veículos.           

          Dessa forma verifica-se pela classificação acima apresentada que a Tecnologia Assistiva é um campo no qual atuam diversos profissionais como Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Psicólogos, Arquitetos dentre outros. Constata-se assim que a temática aqui abordada, a Adequação postural é um dos ramos da TA. Essa por sua vez tem sua atenção focada na avaliação, indicação e confecção de recursos que buscam melhorar a postura do paciente, consequentemente sua funcionalidade. No tocante a postura sentada fará a indicação de assentos e encostos, bem como acessórios que atenderão as necessidades de ajustes e estabilização posturais do usuário.           

         A adequação postural é única, pessoal e para cada necessidade patológica. Ela deve analisar a estabilidade, função e conforto de cada usuário, prevenindo, auxiliando ou ainda corrigindo deformidades e posturas inadequadas, deve agregar qualidade de vida ao paciente e promover uma maior inserção social desse. Assim sendo um dispositivo adequadamente prescrito é capaz de desfazer a histórica associação entre o uso de uma cadeira de rodas com a incapacidade e a invalidez de seu usuário.           

          Posteriormente o assunto em questão será aprofundado destacando maiores peculiaridades sobre a adequação postural e a prescrição desses dispositivos.  

DANIEL CAPALONGA - FISIOTERAPEUTA